Delegação do CREA-SC reúne-se com deputados em Brasília para discutir Agenda Parlamentar

 

Cerca de 40 profissionais do CREA-SC estiveram reunidos nessa manhã na Câmara dos Deputados, em Brasília, com o coordenador do Fórum Parlamentar Catarinense, Rogério Peninha Mendonça e com deputados da bancada de Santa Catarina. O objetivo foi apresentar a Agenda Legislativa Prioritária do Sistema Confea/Crea/Mútua e pedir apoio aos parlamentares na discussão das proposições legislativas de interesse dos profissionais do Sistema. Participaram da reunião o presidente do Confea, Eng. Civil Joel Krüger, o presidente do CREA-SC, Eng. Agr. Ari Geraldo Neumann e os deputados Ângela Amin, Carmen Zanotto, Carlos Chiodini, Coronel Armando e Darci de Matos.

 

O presidente Ari iniciou a reunião agradecendo ao Deputado Peninha pela oportunidade de poder expor aos parlamentares a preocupação do CREA-SC com a PEC 108/2019, que dispõe sobre a natureza jurídica dos conselhos profissionais, ressaltando que a fiscalização do Conselho de Santa Catarina é bem atuante e coíbe o exercício ilegal da profissão.

 

Peninha disse ser totalmente contrário à PEC, já que a fiscalização dos serviços de Engenharia é essencial para garantir a segurança da sociedade. Essa manifestação foi endossada pelo Deputado Darci de Matos que ressaltou a importância da manutenção dos conselhos profissionais.

 

“Tenho especialização em Engenharia do Conhecimento, então contem comigo para discutir e apoiar projetos de lei voltados às profissões do setor tecnológico”, afirmou a Deputada Ângela Amin que também se colocou à disposição do GT Mulher criado na última plenária do CREA-SC. Justificou ainda a ausência do senador Esperidião Amin que é relator de um processo em discussão na bancada do Senado Federal. Foram justificadas também as ausências dos deputados Daniel Freitas e Rodrigo Coelho pelas assessorias dos mesmos.

 

Para a Deputada Carmen Zanotto a presença de um profissional habilitado, exemplificando a área da construção civil, tem um relevante papel na prevenção de falhas e acidentes em obras. Sugeriu que fosse encaminhado ao presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, as proposições legislativas prioritárias do Sistema para que sejam tramitadas com agilidade.

 

“Um país só pode desenvolver com ciência, tecnologia e inovação, então em termos de qualidade de vida da sociedade, precisamos das profissões tecnológicas. Somos 1 milhão de profissionais e 265 mil empresas, e estamos à disposição do parlamento para contribuir com o conhecimento de especialistas em temas de relevância nacional”, afirmou o presidente do Confea. Joel ressaltou a preocupação do Sistema quanto a aprovação da PEC 108/2019, da PL 1292/1995 que dispõe sobre contratação de obras públicas através de pregão eletrônico, e da qualidade da formação dos novos profissionais, principalmente na modalidade Ensino à Distância – EaD. “Acompanhamos mais de 600 proposições legislativas que tem impacto diretamente nas nossas profissões e contamos com o apoio de vocês parlamentares para ajudarem nos temas prioritários”, finalizou.