Mercantilização do ensino superior é tema de palestra do presidente do Crea-SC em evento do Conselho regional de São Paulo

image_pdf

 

Nesta quarta-feira, 29, o presidente do Crea-SC, Eng. Civil e Seg. do Trabalho Carlos Alberto Kita Xavier esteve em São Paulo para ministrar palestra sobre a mercantilização do ensino superior. A apresentação aconteceu durante o evento com o Colégio de Instituições de Ensino Superior e Diretoria de Educação do Crea-SP.

 

Acompanhado do coordenador da Universidade Corporativa do Crea-SC, Eng. Agr. Celso Lopes Albuquerque, Kita citou alguns incidentes recentes na área de engenharia e falou sobre a responsabilidade dos Conselhos no que se refere a qualidade dos serviços:

 

— Não cabe aos Creas à avaliação da qualidade do serviço prestado, isso é uma regulamentação que o próprio mercado faz em função do que os profissionais entregam aos seus clientes – destacando que o mesmo se aplica nos critérios de aceite dos cursos de engenharia, agronomia ou geociências.

 

> Leia também: Artigo: Mercantilização do ensino superior leva a erros graves da engenharia

 

Ao ressaltar dados da expansão do registro de cursos e instituições de ensino em Santa Catarina, o presidente do Crea-SC apresentou algumas propostas já em curso, em âmbito nacional, para mudança de cenário, com objetivo de contribuir para a valorização profissional.

 

Ainda referente à qualificação dos profissionais do Sistema, foram expostos os processos de estruturação da Universidade Corporativa uma meta da atual gestão do Crea-SC.

 

Nesta quinta-feira, 30, o presidente Kita e o coordenador da Universidade Corporativa participam da plenária do Crea-SP para apresentar os avanços de SC e da parceria da Universidade Corporativa com a diretoria de ensino do Crea paulista, termo de cooperação entre os Creas na área de aperfeiçoamento profissional.

 

Galeria de fotos: