CREA-SC e Católica de Jaraguá do Sul alinham ações para implantação da UC

image_pdf

A proposta de criação da Universidade Corporativa (UC) foi o tema da reunião de ontem (19), entre representantes do Crea-SC e da Universidade Católica de Jaraguá do Sul. Participaram pelo Conselho o presidente Eng. Civil e Seg. Trab. Carlos Alberto Kita Xavier, o Assessor da Presidência e coordenador do programa, Eng. Agr. Celso Albuquerque e o Chefe de Gabinete, Eng. Agr. Felipe Penter; e pela universidade o Magnífico Reitor, Eng. Civil Diogo Richartz Benke, o coordenador de Pós-Graduação e Educação Continuada, Dr. Maikon Cristiano Glasenapp e a Profª Aderlei Correa Milech.

O projeto tem foco no aperfeiçoamento e qualificação dos profissionais registrados e capacitação do público interno, como conselheiros, inspetores e colaboradores, por meio de cursos de especialização. A efetivação da proposta tem base na cooperação e parceria com instituições de ensino e entidades de classe do setor tecnológico.

O Eng. Celso falou dos objetivos da UC solicitando a parceria da Católica para concretização de cursos de aperfeiçoamento. A formação através de trilhas de conhecimento, a necessidade de definir cursos de interesse dos profissionais e a importância de cursos híbridos já que a modalidade online tem boa aceitação entre os acadêmicos, foram temas em debate.

Celso esclareceu que a universidade funciona como uma academia de aperfeiçoamento dentro de uma organização, contemplando a formação ao longo da vida, desenvolvimento de competências e pesquisa. As trilhas de conhecimentos visam trabalhar competências ou habilidades específicas, contribuindo para o desenvolvimento contínuo do profissional ou colaborador, gerando resultados eficazes para a organização. “O objetivo é o desenvolvimento contínuo e orientado de todo o ecossistema baseado, na autocrítica, na abordagem reflexiva e na aprendizagem organizacional” ressalta.

 

UC é prioridade da atual gestão

De acordo com o presidente Kita, a Universidade Corporativa terá três principais linhas de atuação. Uma delas é a formação de conselheiros, inspetores e futuros profissionais – os acadêmicos, com cursos e palestras acerca dos temas que envolvem o Sistema Confea/Crea e Mútua.

A outra é a capacitação de funcionários por meio de cursos de especialização, visando uma educação continuada, para que possam agregar conhecimento nas suas funções e serviços prestados no sistema.

E a terceira, é a atuação especial para a valorização dos profissionais, oferecendo cursos de aperfeiçoamento e qualificação. O Crea-SC está buscando mecanismos legais em parceria com instituições de ensino e entidades, que irão conceder descontos nos cursos.

“O foco é contribuir e auxiliar no aperfeiçoamento dos profissionais registrados e também do público que faz parte do Conselho. Está é uma das metas que estamos colocando como prioridade nesta gestão”, finaliza.