Campanha sobre manejo florestal sustentável será veiculada no segundo semestre de 2021

image_pdf

Confea e Sociedade Brasileira de Engenheiros Florestais discutiram política de comunicação de esclarecimento sobre a real função da técnica

 

Na tarde desta terça-feira (12), o presidente do Confea, eng. civ. Joel Krüger, esteve reunido com a diretoria da Sociedade Brasileira de Engenheiros Florestais (SBEF), os engenheiros florestais Pedro Salles (Crea-DF) e Rafael Macedo (Crea-RO), presidente e vice-presidente,  respectivamente.

 

Presidente da SBEF, Pedro Salles, durante reunião com o presidente Joel Krüger

Durante a reunião, ficou acertado que será realizada uma campanha informativa sobre o manejo florestal sustentável. Segundo Pedro, existe muita desinformação sobre a técnica, além de mensagens equivocadas. “O manejo florestal é necessário, temos de trabalhar uma política de comunicação de esclarecimento sobre a real função da técnica, que nada tem a ver com a devastação. Na verdade é a única maneira de preservarmos a floresta amazônica”, defendeu o presidente da SBEF.

Na ocasião, o presidente Joel Krüger informou que na última reunião do Conselho de Comunicação e Marketing (CCM), realizada no dia 07, inclusive foi aprovada a realização de uma campanha sobre o manejo florestal. “A proposta, que está entre as ações para o segundo semestre, será analisada pela Cais (Comissão de Articulação Institucional do Sistema), para depois seguir para o Plenário. Sendo assim, no segundo semestre essa campanha deve estar sendo veiculada”, esclareceu.  O coordenador da Cais, eng. eletric. Daniel de Oliveira Sobrinho, aproveitou para informar que o assunto já está pautado na comissão.

Em março, a Coordenadoria Nacional de Câmaras Especializadas de Engenharia Florestal (CCEEF) já apontava a necessidade de esclarecer a sociedade sobre o manejo florestal. O Confea atendeu à solicitação por meio da produção de um vídeo institucional. “Não podemos tolerar a interferência de verdadeiras fake news que parecem passar por cima de preceitos legais e fundamentar a atuação de representantes de órgãos do próprio governo, descredenciando a atuação legítima dos engenheiros florestais, responsáveis pela conservação sustentável da floresta por meio dos manejos florestais”, defendeu o presidente do Confea, eng. civ. Joel Krüger.

Confira o vídeo divulgado à época:

Também participaram da reunião com a SBEF, outros integrantes do CCM, como o representante das Coordenadorias de Câmaras Especializadas dos Creas, eng. civ. João Luís de Oliveira Collares Machado; o superintendente de Estratégia e Gestão (SEG), bel. Renato Barros; o gerente de Comunicação e Marketing, jorn. Felipe Pasqualini; convidado da área de comunicação, jorn. Lucas Aron Nogas (Crea-PR); a secretária-executiva do CCM, Silvia Girardi, a assessora da Presidência, jorn. Letícia Almeida.

 

Manejo florestal

De acordo com o Serviço Florestal Brasileiro, do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), o “manejo florestal é a utilização racional e ambientalmente adequada dos recursos da floresta. Manejo é uma atividade econômica oposta ao desmatamento, pois não há remoção total da floresta e, mesmo após o uso, o local manterá sua estrutura florestal. O manejo bem feito segue três princípios fundamentais: deve ser ecologicamente correto, economicamente viável e socialmente justo. O princípio da técnica de exploração de impacto reduzido – principal ferramenta do manejo florestal – é extrair produtos da floresta de maneira que os impactos gerados sejam mínimos, possibilitando a manutenção da estrutura florestal e sua recuperação, por meio do estoque de plantas remanescentes. Diversificar a produção é um dos princípios mais importantes para o uso sustentável dos recursos florestais.”

Leia mais:
Conselho esclarece importância do manejo florestal para o país

Fernanda Pimentel
Equipe de Comunicação do Confea