Aprimoramento da gestão do exercício profissional, capacitação e troca de informações integram acordo entre Crea-SC e Celesc

image_pdf

 

Foi celebrado nesta terça-feira, 5, a formalização do acordo de cooperação técnica entre o Crea-SC e a Celesc. O documento visa intensificar o relacionamento institucional, aprimorar a gestão do exercício profissional, capacitar, trocar informações, promover o cumprimento da legislação profissional, fiscalizar, bem como inibir o exercício ilegal da profissão, garantindo maior segurança para a sociedade.

 

— Estamos colocando o Crea-SC à disposição como uma entidade de apoio técnico. Celebramos essa parceria, apresentando também diversas ações do Conselho em benefício da área tecnológica e do desenvolvimento do Estado, como a Universidade Corporativa. Em fase de estruturação, com alguns convênios já assinados, a estrutura irá contribuir para valorização dos profissionais da engenharia, neste sentido, podemos pensar em cursos voltados para o setor elétrico — ressaltou o presidente do Crea-SC, Eng. Civil e de Seg. do Trab. Carlos Alberto Kita Xavier.

 

> CREA e CELESC alinham convênio para aprimorar ações de fiscalização de obras e do exercício profissional

 

O acordo foi assinado na sede da Celesc, em Florianópolis. Além do presidente, a comitiva do Crea-SC foi recebida pelo presidente da Celesc, Eng. Mecânico Cleicio Poleto Martins, pelo diretor de Geração, Transmissão e Novos Negócios, Eng. Eletric. Pablo Cupani Carena e pelo Eng. Eletric. e de Seg. do Trab. Eduardo Soldateli.

 

Representando o Conselho, estiveram presentes: assessor de relações institucionais, Eng. Civil Flávio Schafer; gerente de fiscalização, Eng. Amb. Ingo Eugênio Dal Pont Werncke; 1º Tesoureira, Engª. Agr. Angela Cristina Paviani; superintendente, Eng. Civil Luiz Henrique Pellegrini; coordenador da Câmara especializada de engenharia elétrica, Eng. Eletric. Marcos Paulo Hirth e o conselheiro, Eng. Eletric. Flávio Wacholski, profissional que já esteve no quadro de funcionários da companhia de distribuição de eletricidade.

 

— O termo vai trazer vários benefícios para ambas às entidades, mas destaco a importância do fortalecimento da comunicação entre os profissionais da engenharia e a Celesc, no sentido de fazer essa ponte com a sociedade, de forma a agregar e valorizar o trabalho realizado pela companhia — reforçou o conselheiro Flávio Wacholski.

 

O assessor de relações institucionais, Eng. Civil Flávio Schäfer, destaca que a troca de informações entre as entidades é importante para o aprimoramento da fiscalização, na identificação de proprietários de obras sem registro de responsabilidade técnica, bem como na fiscalização das prestadoras de serviços contratadas pela Celesc.

 

— Esse termo, tão aguardado entre as entidades, irá propiciar a valorização dos profissionais e também a segurança da sociedade. Entre as ações, o Crea poderá atuar na fiscalização de profissionais ou empresas que prestam serviços à Celesc, identificando se há ou não responsável técnico — acrescentou Schäfer.

 

O presidente Cleicio Martins, finalizou reforçando a importância da parceria para o desenvolvimento de Santa Catarina.

 

— Nosso objetivo é melhorar a vida das pessoas, esse é o nosso propósito. E com uma empresa do tamanho da Celesc, esse acordo que estamos firmando aqui irá resultar em um ganho para todo o estado.

 

Galeria de fotos: