Ponte Hercílio Luz: Crea prestigia lançamento de documentário e visita as obras

 
 
 
O presidente do CREA-SC, Eng. Agr Ari Geraldo Neumann participou hoje pela manha no SBT-SC do lançamento do documentário “Ponte Hercílio Luz”, produzido pela emissora, comemorativo ao aniversário de 345 anos de Florianópolis, que será celebrado amanhã, 23 de março.  Estavam presentes autoridades, historiadores e personalidades da ilha. O ex-presidente do Conselho, Eng. Civil e de Seg. do Trab. Carlos Alberto Kita Xavier também acompanhou o evento. O filme resgata imagens históricas da primeira ligação entre a ilha e o continente e traz também entrevistas com importantes historiadores e personagens que acompanharam de perto o drama da interdição e a luta pela recuperação da obra. Para a realização do filme a equipe de produção do SBT Santa Catarina contou com imagens de arquivo cedidas pela SECOM SC, UFSC e também do filme “Ponte Hercílio Luz, Patrimônio da Humanidade” de Zeca Pires.
 
 
 
Primeira Barra de Olhal é instalada – Hoje no final da manhã o presidente Ari Neumann visitou as obras junto a grupo de lideranças da engenharia.  Foi realizado o processo de montagem da nova estrutura com a colocação da primeira barra de olhal e troca das rótulas. O engenheiro do Deinfra e fiscal da obra, Wenceslau Diotallévy, esclareceu que as barras serão colocadas a partir do vão central e ao todo serão instaladas 360.
Serão trocadas também as rótulas, que são as estruturas que fazem a ligação da torre com a fundação. O trabalho será realizado pelo mar. Além disso, será necessário o levantamento da torre principal em três centímetros.
 
A próxima etapa da obra será a instalação dos pendurais. Essas estruturas fazem parte do vão central e sustentam a treliça a partir das barras de olhal. Ao todo, a ponte deve receber cerca de 2 mil toneladas de metal novo, o que representa aproximadamente 40% da atual estrutura. A conclusão da restauração está prevista para o final de 2018.
 
 
 
Estrutura – A Hercílio Luz é uma das maiores pontes pênseis do mundo. O comprimento total é de 819,471 metros, com 259 metros de viaduto insular, 339,471 metros de vão central e 221 metros de viaduto continental. A estrutura de aço original tinha o peso aproximado de 5 mil toneladas e os alicerces e pilares consumiram 14.250 m³ de concreto. As duas torres medem 75 metros a partir do nível do mar e o vão central tem altura de 43 metros.
 
A ponte foi inaugurada em 13 de maio de 1926, dois anos depois da morte do Governador, Engenheiro Hercílio Luz. Doze dias antes de falecer, o governador inaugurou num ato simbólico uma ponte pênsil de madeira, construída na Praça XV.
 
As obras custaram à época 14 milhões, 478 mil, 107 contos e 479 réis. O empréstimo para a construção da ponte foi quitado em 1978, mais de 50 anos após a inauguração.
 
 
 
Atuação do CREA – Desde sua interdição em 1982, o CREA-SC tem se envolvido na discussão posicionando-se favorável à recuperação integral da Ponte Hercílio Luz e a sua devolução ao pleno uso da população do Estado, seja para a utilização de pedestres ou de veículos pequenos.
 
Juntamente com as entidades de classe, universidades e empresas do setor tecnológico, o Conselho têm participado de eventos sobre o tema e contribuído significativamente para enriquecer o debate, sugerindo medidas e cobrando ações por parte do poder público. O CREA-SC também vistoria e fiscaliza desde o início as obras de recuperação da ponte e participa ainda, junto a instituições e Governo do Estado de um grupo que acompanha os serviços, visando dar agilidade aos trabalhos.
 
 
0 respostas

Deixe uma resposta

Quer entrar na discussão?
Sinta-se livre para contribuir!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.