Organização Agronômica na Região do Meio Oeste comemora 55 anos de história

image_pdf

 

A Organização Agronômica na Região do Meio Oeste completa do dia 25 de outubro 55 anos de história. A comemoração aconteceu durante solenidade realizada em Joaçaba, no último sábado (19), pela Associação dos Engenheiros Agrônomos da Região de Joaçaba (AEAJO), que festejou também a passagem do Dia do Engenheiro Agrônomo (12 de outubro).

 

Entre as autoridades o secretário de agricultura de Joaçaba, Eng. Agr. Marcelo Mantovani, representando o prefeito Dioclésio Ragnini; a presidente da Câmara de Vereadores, Disnéia De Marco; o presidente do CREA-SC, Eng. Agr. Ari Geraldo Neumann; o presidente do Colégio de Entidades Regionais (CDER) e conselheiro do CREA-SC, Eng. Agrim. Valdir Schneider; além de presidentes de entidades da agronomia, diretoria e associados da AEAJO, profissionais e convidados.

 

Durantes as manifestações, foi enaltecido o pioneirismo, dedicação, envolvimento social e apoio ao desenvolvimento da classe agronômica da região. O presidente da AEAJO, Eng. Agr. Marcos Antônio Santos, enfatizou que a entidade que dá sequência as atividades iniciadas pela Organização Agronômica na Região do Meio Oeste, tem como compromisso a continuidade do trabalho para o estabelecimento de uma sociedade mais harmônica e um Brasil melhor.

 

 

Homenagens

 

Durante o evento foram homenageados três engenheiros agrônomos que se destacaram nas atividades da organização: o fundador Ivan Oreste Bonato e o ex-presidente Walter João Brollo (ambos in memoriam), cujos representantes receberam uma Placa de Gratidão e Diploma de Honra ao Mérito; e ainda, Luiz Carlos Coelho, que exerceu a presidência da organização por duas oportunidades e atualmente coordena a Assessoria de Apoio às Instituições de Ensino do CREA-SC.

 

Veja os currículos dos homenageados:

 

 

 

 

 

Plantio de Ipê Amarelo

 

A comemoração incluiu também, pela manhã, o plantio de uma essência nativa de Ipê Amarelo no Parque Municipal de Joaçaba, que leva o nome de um dos fundadores da organização, Ivan Oreste  Bonato. O ato contou com a presença do prefeito Dioclésio Ragnini, diretoria e  profissionais da AEAJO, convidados e imprensa.

 

 

 

 

55 anos de história

 

A Organização Agronômica na região do Meio Oeste Catarinense está completando 55 anos neste mês de outubro. Na data de 25 de outubro de 1964 foi fundado o Núcleo Regional do Vale do Rio do Peixe da Sociedade Catarinense de Engenheiros Agrônomos.

 

Naquela época a referida organização abrangia o grande Vale do Rio do Peixe, que incluía as regiões de Joaçaba, Videira, Caçador e Campos Novos, mais tarde se somando Concórdia.A sede do Núcleo se dava em forma de rodízio mediante sorteio, sendo que a primeira foi Videira e a Diretoria também era integralmente composta por Engenheiros Agrônomos residente na cidade sede.

 

Na sequência, em 01 de novembro de 1965, ocorreu a escolha da cidade de Joaçaba como segunda sede, em reunião realizada no Aeroporto desta cidade e foi procedida a eleição da respectiva diretoria, que composta por Engenheiros Agrônomos Joaçabenses ficou constituída pelo Diretor-Presidente Roque Nildo Gubert, Secretário Almanzor Mendes Alcântara e Tesoureiro Ivan Orestes Bonato.

 

Por outro lado, em meados dos anos 70, desmembrando-se, cada região fundou sua unidade específica. Aqui foi criado o Núcleo dos Engenheiros Agrônomos de Joaçaba-SC que se manteve ativo por cerca de 35 anos.

 

No dia 01 de julho de 2010, em substituição, foi fundada a Associação dos Engenheiros Agrônomos da Região de Joaçaba – AEAJO, mediante reunião com a presença de 58 profissionais, tendo sido simultaneamente aprovado seu primeiro estatuto.

 

Já no ano de 2014 a AEAJO efetuou seu registro junto ao CREA-SC, e adquiriu o direito de indicar um conselheiro estadual para integrar a Câmara Especializada de Agronomia (Ceagro) a partir de 2015, o que de pronto o fez, face a importância que tal condição representa.

 

Também, a AEAJO recebeu o Diploma de “Entidade de Utilidade para o Sistema Confea/Crea” emitido pelo Conselho Federal de Engenharia e Agronomia em 29 de março de 2017.

 

De igual forma, a Associação sentiu-se honrada por ter um de seus associados fundadores, o Eng. Agr. Pedro Francisco da Silva Neto, homenageado com a Medalha do Mérito Catarinense por relevantes serviços prestado em favor da Engenharia, Agronomia e Sociedade do nosso Estado pelo CREA-SC, fato que dignifica não somente o profissional, como também a entidade e a comunidade regional no seu amplo conjunto.

 

Durante estas cinco décadas e meia a Organização Agronômica atuou na defesa dos assuntos da classe e do desenvolvimento sustentável da agropecuária do seu território de abrangência, contribuindo para o sucesso e prosperidade em especial do setor primário regional.