Hotel mais Seguro: Selos de certificação estão sendo fixados na segunda etapa da operação

image_pdf

 

Ação de fiscalização dos Creas do Sul tem como objetivo a certificação de hotéis e a valorização da responsabilidade profissional

 

Iniciou na terça-feira, 21.12, a segunda etapa da operação “Hotel Mais Seguro”, que visa à fiscalização de empreendimentos hoteleiros nos estados de SC, RS e PR. O primeiro selo de certificação do CREA-SC foi entregue ao Majestic Palace Hotel, em Florianópolis, atestando que o estabelecimento atende aos requisitos solicitados durante a etapa de vistoria.

 

O presidente do CREA-SC, Eng. Civil e Seg. Trab. Carlos Alberto Kita Xavier, o gerente de fiscalização, Eng. Amb. Ingo Eugênio Dal Pont Werncke e o fiscal Juliano Nascimento realizaram a entrega do selo ao gerente geral do hotel, Alex Cameu, e a gerente operacional, Claudia Paredes.

 

— Quando o Crea nos fiscaliza e verifica que estamos regulamentados, isso nos dá credibilidade. Nossa política é de não fazer corretiva, mas de realizar sempre a prevenção para que estejamos sempre em dia e não ter problemas futuros — ressaltou Cameu.

 

 

A ação iniciou no dia 1º de dezembro. Em Santa Catarina foram vistoriados 311 hotéis, com a verificação de 565 ARTs – Anotações de Responsabilidade Técnica e a entrega de ofícios solicitando as documentações. A previsão é da certificação de mais estabelecimentos ao longo dos próximos meses.

 

>> Ação de fiscalização dos Creas do Sul visa certificação de hotéis e a valorização da responsabilidade profissional

 

O gerente de fiscalização do CREA-SC, Eng. Amb. Ingo Eugênio Dal Pont Werncke disse que a ação é inédita e teve como foco inicial cidades que concentram um volume considerável de turistas com a temporada de verão ou com atrativos turísticos. Entre os itens verificados estão, por exemplo, a manutenção de elevadores, central de gás, ar-condicionado, equipamentos de proteção contra descarga atmosférica, entre outros.

 

“Foram solicitadas a apresentação de documentos e notas fiscais referentes às atividades técnicas executadas nos hotéis por empresas terceirizadas e/ou profissionais autônomos”, comenta Werncke.

 

“Com expectativa de crescimento, o setor turístico em Santa Catarina está investindo em segurança aos que visitam as regiões catarinenses, com protocolos sanitários para turistas e moradores. O aquecimento do turismo é um bom indicativo da recuperação do estado, neste sentido, essa ação visa contribuir para a certificação da infraestrutura desses empreendimentos e também reforçar a importância da atuação técnica das engenharias, geociências e agronomia para a qualidade de vida e desenvolvimento da economia catarinense”, frisa o presidente do Crea-SC, Eng. Civil e Seg. do Trab. Carlos Alberto Kita Xavier.

 

 

Outras entregas do selo: