Em reunião do CP, presidente Kita comenta apoio dos senadores de SC contra emendas da MP 1.040/2021 

image_pdf

 

 

O segundo dia da reunião ordinária do Colégio de Presidentes do Sistema Confea/Crea 2021, que acontece em Cuiabá, de 30 de junho a 2 de julho, contou com a manifestação do  presidente do CREA-SC, sobre o posicionamento e ações do CREA-SC para derrubar as duas emendas da MP nº 1.040/2021, que afetam os profissionais.

 

Um delas revoga o Salário Mínimo Profissional e prejudica a Engenharia, e demais profissões como Arquitetura, Medicina, Veterinária e a Química. A outra, retira a exigência de responsável técnico para projetos de instalações elétricas de até 140 KVAs. Segundo kita, os três senadores da bancada catarinense – Jorginho Mello, Dário Berger e Esperidião Amin, manifestaram apoio ao Sistema Confea/Crea contra as emendas.

 

Durante a reunião, o presidente do CREA-SC  apresentou o Programa BIM, firmado por meio de termo de colaboração entre o Ministério da Economia e a Rede Catarinense de Inovação (Recepeti), com a finalidade de promover ganhos de produtividade e competitividade no setor de construção civil nacional.

 

Esclareceu também sobre o evento de Lançamento da Câmara Temática do BIM, promovido pela Frente Parlamentar Mista de Logística e Infraestrutura, (FRENLOGI), no próximo dia 14, 10h, pelo do Canal youtube Frenlogi, do qual estará participando.

 

O objetivo da Câmara é disseminar a metodologia BIM (Building Information Modeling) ou Modelagem da Informação da Construção, como requisito indispensável para o planejamento, acompanhamento e, especialmente, fiscalização de obras públicas de infraestrutura no Brasil.

 

Para o presidente, é preciso progredir na gestão integrada das obras, garantindo transparência e eficiência, reduzindo custos e aplicando metodologias que permitam os avanços já existentes em outros países.

 

Também participam do evento, o senador Wellington Fagundes, presidente da Frenlogi, o deputado federal Julio Lopes (PP/RJ), o deputado federal Hildo Rocha (MDB/MA), presidente da Frente Parlamentar do BIM, o presidente da Associação Brasileira de Normas Técnicas, Mario William Esper, o vice-presidente do Instituto Brasil Logística, Tiago Lima, Washington Luke, diretor de engenharia da VALEC e representante do Ministério da Infraestrutura.