AREAVID e UNOESC promovem workshop para debater os desafios da universalização do saneamento

image_pdf

 

O déficit de esgotamento sanitário no Brasil ainda é um tema bastante preocupante. A boa notícia é que em 2020, foi aprovado o novo marco legal do saneamento básico, que prevê a universalização dos serviços de esgotamento sanitário, até 2033. Para manter os profissionais das engenharias e arquitetura atualizados sobre este tema, incluindo as demandas profissionais que devem surgir, a AREAVID – Associação de Engenheiros Arquitetos de Videira e a Espaço Unoesc Videira, por meio do Curso de Engenharia Química promovem o Workshop “Desafios da Universalização do Saneamento”. A iniciativa conta com o patrocínio do Crea-Sc que tem investido em todo o Estado no aperfeiçoamento, valorização e aprimoramento do exercício, da regulamentação e das políticas públicas relacionadas às profissões abrangidas pelo Sistema Confea/Crea.

 

O presidente da AREAVID, Jefferson Francio explica que o Workshop vai acontecer no próximo dia 26 de outubro, as 19h. Os inscritos poderão participar de forma híbrida podendo assistir o treinamento de forma presencial, no auditório da Unoesc ou online via Youtube. O curso é aberto para associados ou não, estudantes do curso de Engenharia Química, Engenheiros químicos, sanitários e ambientais e agentes, em geral, atrelados com o saneamento básico. A participação é gratuita. Para a modalidade presencial as vagas são limitadas a 90 lugares, devido ao decreto restritivo da pandemia. Todos os interessados, presencial ou online devem se inscrever até o dia 25 de outubro clicando no link AQUI.

 

Sobre o Workshop

 

Segundo o coordenador do curso de Engenharia Química da Unoesc, Rodrigo Geremias, o Workshop será composto por dois temas principais: o novo marco legal do saneamento, com foco nas modificações e avanços previstos para o setor nos próximos anos, e nas potencialidades esperadas; e informações pertinentes quanto a soluções descentralizadas de tratamento de esgoto.

 

A programação prevê a abordagem dos seguintes temas específicos: panorama do saneamento no âmbito nacional; Panorama do saneamento para municípios catarinenses; Legislação vigente vinculada ao saneamento básico; Novo Marco do Saneamento; Reutilização de efluente; Saneamento descentralizado; Realidade do saneamento descentralizado nos municípios catarinenses; Ecotecnologias aplicadas para o tratamento de esgoto para cenários unifamiliares e coletivos; e desafios e oportunidades na universalização do saneamento.

 

Todos os temas serão apresentados e debatidos pelos facilitadores Luan Freisleben, Engenheiro Sanitarista e Ambiental e Especialista em Sistemas de Abastecimento de Água e Esgotamento Sanitário e Catiane Pelissari, Biotecnóloga Industrial, Doutora em Engenharia Ambiental e Cientista pesquisadora da Universidade Federal de Santa Catarina.