1º Congresso Sul-Brasileiro debate inovação e práticas na Segurança e Saúde do Trabalho

 

A Associação Catarinense de Engenharia de Segurança do Trabalho (Acest), com apoio do CREA-SC e Fundacentro, promoveu o 1º Congresso Sul-Brasileiro de Segurança e Saúde do Trabalho (SulSST). O evento foi realizado de  24 a 27.04, no Hotel Maria Mar Hotel, em Florianópolis, com o objetivo de inovar as práticas nas áreas de segurança e saúde do trabalho.

 

Entre as autoridades da mesa de abertura estavam: a Secretária de Estado da Assistência Social,Trabalho e Habitação, Maria Elisa De Caro, representando o governador Carlos Moisés da Silva; a Juíza do Trabalho, Maria Jeronimo; o Secretário de Saúde de Florianópolis, Carlos Justo da Silva; o Vice-Presidente da Comissão de Defesa dos Direitos  da Pessoa com Deficiência da Câmara de Vereadores de Florianópolis, Vereador Gabriel Meurer, a presidente da ACEST, Eng. Civil e Seg. Trab. Karla Maria Serpa Zavaleta; o Tecnologista da Fundacentro, Leo Vinicius Maia Liberato; o presidente do CREA-SC, Eng. Agr. Ari Geraldo Neumann e conselheiro federal Eng. Ftal e Seg. Trab. Jackson Luiz  Jarzynski.

 

Em seu pronunciamento o presidente Ari Neumann enfatizou a relevância do Congresso para o aprimoramento da profissão. “Tenho a convicção que os temas aqui abordados irão contribuir para transpor os desafios desta profissão, elucidando alternativas e soluções para esta importante área de atuação.”

 

Ele citou ainda a interligação entre segurança e saúde no trabalho, embora ciências distintas, e que ambas têm como finalidade a proteção e a promoção do bem-estar do trabalhador, pressupostos fundamentais para a qualidade de vida. “A importância e a natureza desta prática estão na atuação preventiva.”

 

Temas como in­dústria 4.0, inclusão da pessoa com deficiência no mercado, Lei Kiss, nanotecno­logia, segurança em eletricidade, traba­lho em altura, ergonomia, entre outros nortearam os debates.

 

Um dos destaques foi a palestra com Gil Giardelli, estudioso de inovação e economia digital e difusor de conceitos e atividades ligadas à sociedade em rede, colaboração humana, economia criativa, empreendedorismo social. O especialista explanou sobre a relação entre a indústria 4.0 e a segurança e saúde do trabalho.

 

Outros destaques foram as palestras do médico sanitarista e do trabalho José Carlos do Carmo, que abordou  o tema “Pessoa com deficiência e a SST”, e do tenente-coronel dos Corpo de Bombeiros Militar de SC, Deivid Nivaldo Vidal, sobre a operacionalização da lei 13.425, mais conhecida como Lei Kiss.

 

Saiba mais em www.sulsst.com