Estudantes de engenharia da UDESC participam de competições com apoio do CREA-SC

 

Na manhã desta quinta-feira (13), acadêmicos e professores dos cursos de engenharia da UDESC de Joinville reuniram-se com o presidente do CREA-SC, para agradecer o apoio aos projetos de engenharia desenvolvidos pela universidade. Eles solicitaram a renovação da parceria para continuidade das atividades, apresentando os resultados obtidos ao longo do ano.

Participaram da reunião os alunos Vitor Leite de Barros (Engenharia Elétrica), Renan Augusto da Cunha e Matheus Ponick (Engenharia Mecânica); os professores Fernando Lafratta, Nicodemus Neto da Costa Lima e José Fernando Fragalli, o presidente do CREA-SC Eng. Ari Geraldo Neumann, e o chefe de gabinete, Eng. Agr. e Seg. Trab. Nelton Baú.

 

 

Equipe Albatroz participará do mundial em março, no Texas (EUA)

 

A equipe Albatroz, formada por cerca de 40 estudantes dos cursos de Engenharia Mecânica, Engenharia Elétrica e Engenharia Civil do CCT da UDESC representará o Brasil na fase mundial do concurso, no mês de março, no Texas (EUA).  A competição reúne aviões radiocontrolados de diversos países. No início de novembro, a equipe venceu uma das três categorias em disputa na 20ª Competição Sae Brasil Aerodesign, que reuniu estudantes de 25 universidades brasileiras no Departamento de Ciência e Tecnologia Aeroespacial (DCTA), em São José dos Campos (SP), garantindo a vaga na final.

Os estudantes foram os vencedores na categoria Micro (motor elétrico), no qual o projeto do grupo precisou superar uma série de desafios, como por exemplo, suportar maior carga com menor massa de peso do avião. “Nosso objetivo agora é representar bem o Brasil e, quem sabe, trazer o título internacional para o País”, comenta o professor Fernando Lafratta, que liderou a equipe. Segundo ele, a competição permite compartilhar técnicas e conhecimentos visando o desenvolvimento de projetos aeronáuticos confiáveis e competitivos.

Criada em 2001, essa é a primeira vez que a Equipe Albatroz vence na categoria. A equipe trabalha anualmente com o intuito de projetar, construir e potencializar aeronaves radiocontroladas em escala reduzida, segundo o regulamento imposto pela SAE Brasil. Também participa regularmente dos desafios nacionais e internacionais que se baseiam em problemas atuais enfrentados pela indústria aeronáutica, tendo avaliação rigorosa realizada por engenheiros do setor.

 

 

Equipe Udesc Velociraptor foi campeã da Etapa Sul da Baja SAE Brasil

Outro destaque é a equipe Udesc Velociraptor, também do CCT, que conquistou o 1º lugar na Etapa Sul da competição Baja SAE Brasil, realizada de 16 a 19 de novembro, na Universidade de Passo Fundo (UPF), no Rio Grande do Sul. Os acadêmicos competiram com 21 equipes de Santa Catarina, do Paraná, Rio Grande do Sul e Mato Grosso do Sul.

Com 35 integrantes dos cursos de Engenharia Mecânica e Engenharia Elétrica e coordenados pelo professor Nicodemus Neto da Costa Lima, os acadêmicos projetaram e construíram um modelo baja, especialmente para a competição. “Desta vez, usamos materiais mais leves e resistentes e conseguimos diminuir em 10 kg o peso do veículo. Acreditamos que isso foi determinante para nossa vitória, além da união, empenho e comprometimento da equipe”, disse o professor.

Segundo o aluno Hyan Schubert a competição foi acirrada. Todas as equipes apresentaram carros bem projetados e contribuíram para elevar o nível da disputa. “Tivemos problemas e precisamos usar o motor reserva. Perdemos 15 minutos e isso prejudicou a equipe nas provas de enduro e de aceleração. Apesar disso, nos saímos bem nas outras provas, principalmente na apresentação do projeto e na de manobrabilidade”, contou o estudante.