Engenheiro catarinense obtém reconhecimento acadêmico em universidade dos EUA

 

O engenheiro civil catarinense José Augusto Daux acaba de concluir dois mestrados nos Estados Unidos, com um resultado que superou todas as suas expectativas e de sua família. José obteve nota máxima em todas as sessões do teste, assim recebendo honras e o diploma de “Exceptional performance on the Dollinger MRED Comprehensive Examination from the Sol Price School of Public Policy at the University of Southern California”. José Augusto Daux, que tem 28 anos e é natural de Florianópolis, recebeu uma distinção raramente concedida pela Universidade do Sul da Califórnia a estudantes não-americanos. Foi a primeira vez que isso ocorreu com um sul-americano e também a primeira vez com um engenheiro civil. Foi classificado como primeiro da turma, com o melhor trabalho de conclusão de curso apresentado à universidade.

 

Graduado em engenharia civil pela Unisul (Universidade do Sul Catarinense), em 2014, ele apresentou seu trabalho de conclusão de curso sobre a “viabilidade econômica e financeira de empreendimentos”, com estudos completos relacionados ao tema.

 

Após a formatura, Daux resolveu buscar formação especializada (pós-graduações) nos Estados Unidos, com o objetivo de ampliar conhecimentos e preparar-se para atuar no mercado de trabalho brasileiro. O primeiro mestrado de José Augusto Daux nos EUA foi um MBA (Master in Business Administration ou Mestre em Administração de Negócios), na Marshall School of Business, vinculada à USC e uma das mais conceituadas dos Estados Unidos: é a 17ª no ranking nacional universitário daquele país. O segundo mestrado, cursado na Price School of Public Policy, também da USC, foi o de Master of Real Estate Development, especialização em incorporação imobiliária. O engenheiro vai continuar morando, estudando e trabalhando nos Estados Unidos por pelo menos mais um ano. “Acompanho à distância os acontecimentos no Brasil e torço para voltar logo para o país e contribuir com o processo de retomada do desenvolvimento. O Brasil sempre teve grande potencial econômico e vai superar os momentos difíceis vividos nos últimos anos e as reformas possibilitarem uma nova fase de crescimento econômico”, conclui.

 

A USC é a mais antiga universidade da Califórnia, com sede em Los Angeles. Foi fundada em 1880 e recebe estudantes de todos os 50 estados norte-americanos, tendo o maior número de estudantes internacionais entre todas as universidades daquele país, provenientes de 115 países. A instituição tem cerca de 4.735 docentes, que atuam em dezenas de cursos.

 

José Augusto Daux – diploma de conclusão de curso de especialização na USC (University of Southern California)