É possível deduzir suas contribuições feitas para o Plano de Previdência

image_pdf

O valor máximo é de até 12% da renda bruta recebida em 2021

 

O prazo para entrega da declaração de Imposto de Renda 2022 à Receita Federal começou no dia 7 de março, encerrando-se em 31 de maio. Nossos associados, como participantes do TecnoPrev, podem deduzir do IRPF as contribuições feitas para o plano, no valor máximo de até 12% da renda bruta recebida em 2021.

A seguir, veja informações importantes, desde como obter seu Informe de Rendimentos ou Demonstrativo de Contribuição, até o passo a passo para preencher a sua declaração.

Como obter meu Informe de Rendimentos ou Demonstrativo de Contribuição?

A BB Previdência disponibiliza os Informes de Rendimentos e os Demonstrativos de Contribuição do TecnoPrev referente ao Ano Calendário 2021 de forma 100% digital. Clique aqui para gerar os seus documentos.

Se tiver dúvidas sobre os documentos ou dificuldades na emissão, você pode conferir, aqui, como acessar cada um eles ou assistir ao vídeo com o passo a passo para obtê-los.

Como declarar as contribuições que realizei para o TecnoPrev 2021?

Todas as pessoas que realizaram pagamento de alguma contribuição por meio de cobrança bancária para o TecnoPrev em 2021 terão acesso ao Demonstrativo de Contribuição da forma explicada acima.

Isso também vale para quem já tenha se desligado da empresa em que trabalhava. É o caso dos Autopatrocinados, dos licenciados e de quem realizou algum aporte adicional.

Os Participantes que contribuíram para o Plano por meio do desconto em folha de pagamento devem solicitar essas informações diretamente ao departamento de recursos humanos da sua empresa ou instituição.

Como declarar:

1. Na área Fichas da Declaração, selecione a opção “Pagamentos Efetuados”;

2. Clique em “Novo”;

3. Utilize o código “36 – Previdência Complementar (inclusive FAPI)”;

4. Informe se as despesas são do titular ou dependente;

5. Forneça as outras informações e confirme.

Vale lembrar que, se você fizer a sua declaração pelo modelo completo, há a possibilidade de deduzir da base de cálculo do IR até 12% do rendimento tributável anual – saiba mais aqui sobre o Benefício Fiscal.

Como declarar os benefícios recebidos em 2021?

Essas informações estarão presentes nos Informes de Rendimentos. Eles são disponibilizados aos aposentados e pensionistas que têm o TecnoPrev como fonte pagadora de Renda Mensal.

Também nas Fichas de Declaração, haverá duas opções para escolha, a depender do regime de tributação do Plano.

Caso siga a Tabela Progressiva, este é o passo a passo para declarar:

1. Na área Fichas da Declaração, selecione “Rendimentos Tributáveis Recebidos de Pessoa Jurídica”;

2. Clique em “Novo”;

3. Complete os campos com as informações solicitadas.

Já os assistidos ou pensionistas com Tabela Regressiva devem executar os seguintes passos:

1. Na área Fichas da Declaração, selecione “Rendimentos Sujeitos à Tributação Exclusiva/Definitiva”;

2. Clique em “Novo”;

3. Utilize o código “12 – Outros”;

4. Complete as informações indicadas, preenchendo o item “Descrição” com a seguinte informação: Previdência Complementar.

Como declarar os rendimentos isentos e não tributáveis por idade?

Caso uma parcela do benefício se enquadre como rendimentos isentos e não tributáveis por idade, os passos são:

1. Na área Fichas da Declaração, selecione “Rendimentos Isentos e Não Tributáveis”;

2. Clique em “Novo”;

3. Utilize o código “10 – Parcela isenta de proventos de aposentadoria, reserva remunerada, reforma e pensão de declarante com 65 anos ou mais”;

4. Complete os campos com as informações solicitadas.

Como declarar rendimentos isentos e não tributáveis do período de 1989 a 1995?

Se você tiver rendimentos isentos e não tributáveis do período de 1989 a 1995, faça o seguinte:

1. Na área Fichas da Declaração, selecione “Rendimentos Isentos e Não Tributáveis”;

2. Clique em “Novo”;

3. Utilize o código “26 – Outros”;

4. Complete as informações indicadas, preenchendo o item “Descrição” com a seguinte informação: Parcela isenta Período 1989/1995.

Como declarar resgates?

Para as pessoas que realizaram resgate em 2021, o informe de rendimentos está disponível no sistema de IR da BB Previdência. Confira abaixo como declarar os resgates realizados ao longo do ano passado.

No caso de tributação pela Tabela Progressiva:

1. Na área Fichas da Declaração, selecione “Rendimentos Tributáveis Recebidos de Pessoa Jurídica;

2. Clique em “Novo”;

3. Complete os campos com as informações solicitadas.

No caso de tributação pela Tabela Regressiva:

1. Na área Fichas da Declaração, selecione “Rendimentos Sujeitos à Tributação Exclusiva/Definitiva”;

2. Clique em “Novo”;

3. Utilize o código “12 – Outros”;

4. Complete as informações indicadas, preenchendo o item “Descrição” com a seguinte informação: Previdência Complementar.

Como declarar empréstimos?

Esta é outra dúvida que surge com frequência. Para acessar o seu Informe de Rendimentos de Empréstimo e declarar seu saldo devedor em 31/12/2021:

1. Acesse a página da BB Previdência;

2. Clique em Acesso Restrito;

3. Selecione “Menu Completo” > “Empréstimo”;

4. Escolha “Informe IR”;

5. Informe o período desejado.

No preenchimento da declaração de Imposto de Renda os passos são os seguintes:

1. Na área Fichas da Declaração, selecione “Dívidas e Ônus Reais”;

2. Utilize o código “13 – Outras pessoas jurídicas”;

3. Complete as informações indicadas, preenchendo o item “Discriminação” com a seguinte informação: Valores referentes a empréstimo consignado da BB Previdência.

Atenção ao prazo

Reforçando: o prazo para envio da declaração de Imposto de Renda 2022 vai até 31 de maio. Quem perder essa data deverá pagar multa de 1% sobre o imposto devido ao mês – o valor mínimo é de R$ 165,74 e o máximo é de 20% do imposto total devido.

Ressaltamos, ainda, que a BB Previdência, sob nenhuma hipótese, em concordância com as especificações da Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD), enviará Informe de Rendimentos e/ou Demonstrativo de Contribuição para terceiros.

Não deixe para entregar a sua declaração na última hora! O melhor momento para organizar e planejar sua vida financeira é agora.

Fonte: BB Previdência