BIM em Santa Catarina: o estado da metodologia

image_pdf
BIM em Santa Catarina: conheça os passos do governo para a implantação do BIM no setor da construção do estado federativo

 

Seguindo em nossa série de artigos sobre o BIM no Brasil, no artigo de hoje vamos apresentar as etapas realizadas pelo Estado de Santa Catarina quanto à adoção da metodologia de trabalho BIM no setor da indústria de construção.

 

Vale lembrar que a metodologia BIM (Building Information ModelingModelagem de Informações da Construção) reúne processos, pessoas, e software para modelar de forma virtual uma construção, parecida em todos os sentidos com a estrutura real, e concedendo a extração de informações. Isso muda fluxos de processo e permite detectar eventuais inconsistências de projeto.

 

O fato de os erros serem detectados já na fase de projeto, antes da obra ser realizada fisicamente, resulta em grande economia de tempo, recursos e custos. Além disso, é possível visualizar e cruzar as diferentes instalações da obra, verificando possíveis interferências entre partes hidráulicas, elétricas e mecânicas.

 

O aprofundamento visa apresentar as obras já realizadas graças ao BIM no Estado de Santa Catarina, bem como analisar os possíveis desenvolvimentos futuros, até graças à recente emanação do Decreto 10.306/2020. Confira também os dois artigos precedentes da nossa série: “BIM no Brasil: confira os passos para sua implementação” e “BIM Fórum Brasil visa aprimorar a maturidade BIM do Páis“.

 

O BIM em Santa Catarina: os avanços na pesquisa

 

A capital de Santa Catarina desempenhou um papel pioneiro na implantação do BIM no Brasil para a execução de obras públicas, ficando à vanguarda entre as cidades brasileiras. Lembramos que, conforme a Estratégia BIM-BR e o Decreto 10.306/2020, espera-se que todas as obras púbicas executadas com recursos federais terão que utilizar o BIM a partir de 2021.

 

O Governo de Santa Catarina disponibilizou um Caderno de Apresentação de Projetos em BIM, que visa ilustrar os procedimentos adotados pelo Comitê de Obras e Serviços. Confira o Caderno BIM de Santa Catarina acessando a página ministerial dedicada.

 

Entre as ações voltadas à implantação da tecnologia BIM no Brasil, realçamos a criação do LABIM SC, liderado pelo Eng. Rafael Fernandes. A contribuição do mundo acadêmico também é fundamental para que o BIM se torne uma realidade concreta e cotidiana: a esse fim, a Universidade Federal de Santa Catarina instituiu um próprio GeBIM (Grupo de Estudo BIM). Os Grupos de Estudos BIM contam com alunos e professores interessados em adquirir conhecimento sempre maior sobre o BIM, e cuidam da organização de eventos, palestras e cursos. O GeBIM da UFSC, oficializado como Programa de Extensão em 2019, contará com a coordenação da Prof. Leticia Mattana até 2022.

 

ACCA software teve o prazer de realizar parcerias acadêmicas com as duas organizações, disponibilizando nossas soluções BIM para ações de pesquisa e desenvolvimento efetuadas dentro dos grupos de trabalho.

 

BIM CREA-SC: a hora é agora

 

Em novembro de 2019, Florianópolis sediou o primeiro Congresso BIM CREA – SC, organizado pela empresa Alves Espíndola Engenharia e Consultoria e patrocinado pelo CREA – SC. Entre os palestrantes, realçamos a presença do Eng. José Carlos Lino da Universidade do Minho, Regina Ruschel da Unicamp, Rafael Fernandes da Secretaria de Infraestrutura e Mobilidade de Santa Catarina e Kesia Alves da Silva, da Empresa Alves Espíndola Engenharia.

 

A imagem mostra Kesia Alves da Silva ministrando uma palestra

Kesia Alves da Silva na palestra do CREA – SC

 

A ACCA software, empresa com o maior número de softwares IFC certificados pela buildingSMART, teve o prazer de participar do evento e de ministrar uma breve apresentação sobre suas soluções BIM.

 

A foto mostra Alexandre Miranda da ACCA software ministrando uma palestra sobre BIM em Santa Catarina

Alexandre Miranda da ACCA software ministrando uma palestra no CREA – SC

Além disso, ACCA proporcionou seu visor VR para experimentar a Realidade Virtual imersiva VRiBIM incluída no software de projeto arquitetônico Edificius.

 

A imagem mostra uma participante testando o visor para realidade virtual da ACCA software

BIM em Santa Catarina: projetos em destaque

 

A metodologia BIM tornou possível a realização da Escola Básica Municipal Tapera pela Prefeitura de Florianópolis. A obra, com valor de 11 milhões de BRL, foi entregue com um ano de antecedência em fevereiro de 2020, graças às inúmeras vantagens proporcionadas pelo BIM.

 

A imagem mostra os interiores da Escola do Futuro Tapera realizada com tecnologia BIM em Santa Catarina

Escola do Futuro Tapera © Cristiano Andujar PMF

A escolha de construir com o BIM foi devida principalmente ao tamanho notável da Escola Tapera, com 5.400 m². Inicialmente, previa-se um prazo de 24 meses para sua finalização, que foram reduzidos pela metade graças à compatibilização de projetos BIM.

 

Graças a softwares BIM, foi possível realizar um modelo virtual da escola, possibilitando a visualização de todas as disciplinas envolvidas no modelo (arquitetura, estrutural, instalações MEP). Através do modelo digital da construção, foram detectadas e corrigidas até 286 interferências estruturais desde a fase de projeto.

 

Mais dois projetos BIM: Aeroporto Floripa e o Instituto do Coração

 

Também aproveitamos para salientar mais dois projetos realizados em Santa Catarina graças à tecnologia BIM: a construção do Instituto de Cardiologia de São José e as obras de renovação e adequação do Aeroporto de Florianópolis.

 

O Instituto de Cardiologia de São José, realizado ao lado do já existente Hospital Regional, foi o primeiro projeto BIM licitado pelo Governo do Estado e realizado pela empresa de construção ATO 9 Arquitetura. Em 2018, o projeto foi vencedor do 1º Prêmio BIM da Administração Pública. Na fase de projeto, foram pesquisadas as necessidades do instituto, inclusive os fluxos de trabalho e os caminhos de pacientes e médicos.

 

A renderizacao mostra a fachada do Instituto de Cardiologia em Sao Jose realizado com tecnologia BIM em Santa Catarina

Instituto de Cardiologia de São José © ATO 9 Arquitetura

Em janeiro de 2018, também foi comandada a construção de um novo terminal para o Aeroporto de Florianópolis, realizado pela Racional Engenharia com tecnologia BIM. Era preciso readequar as vias de acesso, finalizar o pátio de aeronaves e realizar um novo terminal de passageiros com 10 pontes de embarque.

O projeto, cuja entrega estava prevista para maio de 2019, conseguiu cumprir o cronograma e foi finalizado em um prazo de 15 meses.

 

A imagem mostra uma vista aerea do Aeroporto de Florianopolis

Vista aérea do Aeroporto de Florianópolis © Racional Engenharia

 

FONTE: http://biblus.accasoftware.com/ptb/bim-em-santa-catarina-o-estado-da-metodologia/