4º Colégio de Presidentes destaca participação do Confea na fiscalização das eleições gerais

image_pdf

 

Uma das inovações das Eleições 2022 é a ampliação do rol de entidades habilitadas a participar como fiscalizadoras do processo eleitoral. O Confea foi o único Conselho profissional convidado pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) a fiscalizar e auditar todas as etapas do pleito. O assunto foi um dos itens destacados na abertura da 4ª Reunião Ordinária do Colégio de Presidentes. O encontro acontece em em São Luis, no Maranhão, de 3 a 5 de agosto, e conta com a presença da presidente em exercício do Crea-SC, Eng. Agr. Angela Paviani.

 

Presidente em exercício do Crea-SC, Eng. Agr. Angela Paviani

“O Confea terá uma participação técnica em todo o processo que consiste em acompanhar e fiscalizar as etapas de desenvolvimento, aperfeiçoamento e implementação de programas de computador que compõem o sistema de captação, processamento e totalização dos votos das eleitoras e dos eleitores brasileiros”, disse o presidente em exercício do Confea, engenheiro civ. João Carlos Pimenta.

 

Ainda dentro do contexto de tecnologia, o presidente do Confea fez um panorama do processo de implantação do programa de ‘Integração de Dados’ entre o Conselho Federal e os Conselhos Regionais. “A integração de informações é de fundamental importância para a unidade de procedimentos e para maior celeridade e transparência das atividades, principalmente com a implantação do processo de eleições eletrônicas adotado pelo nosso Sistema. A implantação do programa está em fase adiantada”, garante Pimenta.

 

No Crea-SC, assim como o Crea-DF, que foi o pioneiro nesta integração com o Confea, já é realizado o registro de profissionais através de uma API de comunicação, que permite que o atual sistema possa com rapidez e segurança se comunicar ao sistema do Conselho Federal.

 

Programa Mulher

 

O presidente João Carlos Pimenta também trouxe como informe no primeiro dia de programação do 4º CP, a participação do Programa Mulher em sessão solene que será realizada no próximo dia 23 de agosto na Câmara dos Deputados, no plenário Ulysses Guimarães.

 

Presidente em exercício do Confea, eng. civ. João Carlos Pimenta

“É um espaço importante para a divulgação das ações e metas do Programa, que se consolida a cada ano, resultado de projetos que visam não somente ampliar a participação da mulher no nosso Sistema profissional, mas também trazer para discussão temas relevantes como violência contra a mulher e políticas públicas que assegurem melhores condições de vida a mulheres e meninas”, ressalta João Carlos Pimenta.

 

Propostas aprovadas

 

No decorrer da programação, os presidentes dos Creas apresentaram propostas, projetos e relatórios de ações realizadas por cada Conselho. As lideranças também trouxeram para pauta assuntos relevantes para a Engenharia, a exemplo da nova Lei de Licitações; as alterações da Resolução 1.008 que trata da fiscalização e eleições do Sistema Confea/Crea/Mútua.

 

Entre as propostas aprovadas estão à elaboração de uma Carta para o Desenvolvimento Nacional, por meio da Engenharia, Agronomia e Geociências a ser entregue aos candidatos a presidente, governador e senador. O objetivo da ação é colocar a Engenharia na pauta da política nacional. A Carta será discutida e apreciada pelo CP nessa sexta-feira.

 

Fonte: Equipe de Comunicação do Crea-SE
Fotos: Marck Castro/Confea