CREA-SC realiza primeira sessão plenária de 2021 com eleição e posse da nova diretoria

image_pdf

O CREA-SC realizou hoje no Centro de Eventos Centrosul em Florianópolis, conduzida pelo presidente Eng. Civil e de Seg do Trab. Carlos Alberto Kita Xavier, a primeira sessão plenária do ano, com a posse da nova diretoria para a gestão 2021. Pela manhã ocorreram as reuniões de Câmaras Especializadas, com eleição dos respectivos coordenadores. Os eventos respeitaram as medidas de segurança e prevenção ao coronavírus e todos os presentes foram testados para Covid19. O presidente do Confea, Eng. Civil Joel Kruger, prestigiou a abertura da plenária via web. Também participaram da sessão o Secretário de Desenvolvimento Sustentável do Estado, Celso Lopes de Albuquerque Júnior, o Diretor Geral da Mútua-SC Eng. Civil Carlos Nakazima, os diretores Administrativo, Eng. Mecânico Júlio Bertoldo, e Financeiro da Mútua-SC, Eng. Civil Miguel Ângelo da Silva Mello e o Coordenador do Colégio de Diretores Regionais, Eng. Agrônomo Álvaro Dourado. Amanhã pela manhã haverá treinamento dos conselheiros para o sistema SicWeb, reuniões de diretoria e das comissões, com a eleição dos coordenadores e adjuntos. No período da tarde acontece na sede do CREA-SC a reunião dos diretores regionais. Assista aqui a transmissão do evento. Acesse o documento com o nome dos Coordenadores de Câmaras e a composição das Comissões Permanentes e Especiais.

Eleita por aclamação, a diretoria 2021 tem, pela primeira vez na história do Conselho, três profissionais mulheres em sua formação. Foram empossados na tarde de hoje: 1ª Vice-Presidente, Engª Sanitarista e Ambiental Fernanda Maria Felix Vanhoni; 2º Vice-Presidente, Eng. Industrial e Metalúrgico Luiz Carlos Ferraro; 1ª Secretária, Engª Civil Gislaine Luvizao; 2º Secretário, Eng. Agrimensor Valdir Pedro Schneider; 3º Secretário, Eng. Químico Rodrigo Menezes Moure; 1ª Tesoureira, Engª Agrônoma Angela Cristina Paviani e 2º Tesoureiro, Eng. Civil Ederson Rogério Antonini. Na ocasião foi empossado também o Coordenador Estadual do Programa CreajrSC, acadêmico de Engenharia Civil de Infraestrutura da UFSC, Campus Joinville, Thom Nicolas Wruck Ewald.

Para coordenadores das Câmaras Especializadas foram eleitos: CEEC – Eng. Civil Rogério Novaes / Eng. Civil Adilson Pinheiro (Adjunto); CEEE – Eng. Eletric. Marcos Paulo Hirth / Eng. Eletric. José Augusto da Matta Guedes (Adjunto); CEEMM – Eng. Mec. Osny do Amaral Filho / Eng. Mec. Ernani Costa (Adjunto); CEAGRO – Eng. Agr. José Carlos Paiva Filho / Eng. Agr. Hector Silvio Haverroth (Adjunto); CEGEMAGRI – Eng. Minas Rodrigo Luiz do Carmo Souza / Eng. Minas Jurandir José da Silva (Adjunto); CEEST – Eng. Civil e Seg. Trab. Endriana Kischner Cavalheiro / Eng. Civil e Seg. Trab. Paulo Roberto de Oliveira (Adjunto); CEEQ – Eng. Quím. Rogério Gomes Araújo / Eng. Quím. Rodolfo Bruno Miranda de Oliveira (Adjunto); CEEF – Eng. Ftal. e Seg. Trab. André Leandro Richter / Eng. Ftal. Saulo Jorge Téo.

 

O presidente Kita reforçou na abertura da sessão a importância de fortalecer o posicionamento do CREA-SC perante a sociedade referente às grandes questões que envolvem os profissionais da área tecnológica, emitindo opiniões técnicas e não de cunho político. Lembrou ainda que o foco da gestão é, além de aprimorar os serviços de fiscalização e ampliar a presença do CREA-SC em todo o estado, focar na capacitação dos profissionais, conselheiros e colaboradores. O presidente parabenizou aos diretores da gestão 2020 pelo trabalho no último ano e desejou sucesso aos novos diretores.

 

A diretoria é eleita anualmente entre os conselheiros, com exceção do presidente, eleito pelos profissionais registrados com mandato trienal. O presidente Eng. Civil e Seg. Trab. Carlos Alberto Kita Xavier assumiu a gestão 2021-2023 no dia 4 de janeiro.

 

O Eng. Civil Joel kruger destacou em seu pronunciamento a necessidade da velocidade e da inovação no sistema, e que conta com a experiência do presidente do CREA-SC, já em seu terceiro mandato frente ao Conselho para implementar as mudanças tão necessárias e aguardadas pelos profissionais.

“Precisamos pensar a inovação não só em termos tecnológicos, mas em inovar no relacionamento com o congresso nacional, e nos resultados efetivos para as nossos profissionais e empresas. Precisamos de velocidade, tanto nas questões de trâmite interno, como de trâmite externo”, frisou.

 

O presidente do Confea informou ainda que será criada uma gerência de fiscalização, uma central de inteligência que prestará apoio aos regionais, com treinamentos, capacitações e seminários, visando o fortalecimento da fiscalização em todo o sistema.
Parabenizou a engenharia agronomia e geociências no enfrentamento da pandemia, lembrando que muitos profissionais do sistema estiveram envolvidos com as pesquisas e produção das vacinas, além dos equipamentos e infraestrutura. Parabenizou também ao CREA-SC pelo controle sanitário na realização do evento.

 

O Coordenador do Colégio de Diretores Regionais, Eng. Agrônomo Álvaro Ribas Dourado comentou sobre o calendário de reuniões do colegiado, e das parcerias e alinhamentos junto ao CREA-SC, e às decisões do plenário e câmaras.
O Diretor Geral da Mútua-SC, Eng. Civil Carlos Nakazima fez um histórico da Caixa de Assistência e da necessidade de ampliação do número de profissionais associados.

Outras ações Confea – O presidente Joel informou ainda que estão sendo articuladas já no início dessa gestão parcerias com o Ministério da Educação para debater formação profissional e futuro das profissões, e a qualidade do ensino presencial e a distância.
Outra ação é frente ao Ministério das Relações Exteriores para ampliar o espaço de participação da engenharia nos países de língua portuguesa, além dos países do Mercosul.

O GT Mulher do Confea e a reunião do comitê gestor nesta semana, com ações de comunicação em nível nacional, ações internas e também no congresso nacional para ampliar a participação da mulher na área tecnológica foram outros informes.