Inicia obras de atualização do Sistema INFRACITIES no Sapiens Parque

 

Inicia neste mês, no Sapiens Parque, as obras de atualização do sistema INFRACITIES, com novas funcionalidades, como melhorias no pavimento intertravado visando maior acessibilidade, sistema de proteção das redes de infraestrutura contra raízes, aplicativo utilizando realidade aumentada para visualização das redes e sistema de alarme por sensoriamento óptico de última geração desenvolvido no Brasil para gestão de segurança contra furtos e falhas em redes subterrâneas.

 

Estas melhorias vem sendo desenvolvidas à mais de 3 anos, e vem a ampliar o portfólio de benefícios do sistema frente ao modelo atualmente empregado, trazendo inúmeras vantagens, além de disponibilizar tecnologias ainda não ofertadas atualmente, melhorando seu desempenho a baixo custo de implantação e operação.

 

O novo piso intertravado, com cantos retos, oferece além das vantagens de fácil construção e manutenção a baixo custo, melhorias na sua superfície, tornando o deslocamento mais agradável, ampliando aspectos relacionados a acessibilidade, principalmente quanto ao uso de equipamento que utilizam rodas, como patinetes, carrinhos de bebê e cadeiras para PCD.

 

O sistema de proteção das redes contra raízes, vem de encontro à uma política de arborização de nossas cidades, tornando estes espaços mais agradáveis, visto que em muitas cidades a arborização é suprimida pelos danos causados às redes de infraestrutura, tanto aérea, quanto subterrânea.

 

O aplicativo de realidade aumentada desenvolvido exclusivamente para o sistema INFRACITIES pelo Centro de Inovação do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (SENAI), o INFRAVIA AR, já em testes, vem a proporcionar uma forma inovadora de visualização e gestão das informações de todas as redes do sistema, integrando estas em uma única base de dados, pois além de uma exata localização de todas as redes, aumentando sua segurança, vem a proporcionar uma gestão integrada dos ativos, reduzindo seus custos de operação, principalmente através do uso dos projetos em Building Information Modeling (BIM).

 

O sistema de alarme por sensoriamento óptico, vem estabelecer um novo padrão na gestão da segurança das redes de infraestrutura e seu entorno, visto que monitora através de um sistema avançado eventos em tempo real, com resultados acessados por equipamentos como celulares, tablet e PC via internet, movimentações no pavimento das calçadas e ciclovias, detectando e alertando previamente (com precisão) ocorrências como escavações não autorizadas, vandalismo, terrorismo e furto dos ativos, bem como vazamentos e anomalias nas redes para ações preventivas segurança.

A atualização do projeto piloto do sistema INFRACITIES já instalado no Sapiens Parque tem como parceiros O Parque Tecnológico Sapiens Parque, a Associação Brasileira de Cimento Portland (ABCP), Pirâmide Pré-moldados, Bentley Systems, SENAI e ALFA SENSE Sensoriamento Óptico e IoT e apoio institucional do Conselho Regional de Engenharia e Agronomia (CREA-SC), tendo a Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação do Estado de Santa Catarina (Fapesc) papel fundamental, tanto na implantação do projeto piloto, quanto no apoio do desenvolvimento do sistema INFRACITIES, através do programa “Sinapse da Inovação”.

“Outro fato relevante nesta etapa é a importância da participação ativa das concessionárias que operam as redes de infraestruturas, que serão convidadas a participar nas fases de projeto, construção e testes, visando coletar contribuições destas referentes a atualização e propor melhorias ao sistema, visto que também já está em fase de desenvolvimento, futuras atualizações, como o sistema de carregamento para carros elétricos, através dos postes de iluminação pública”, cita o idealizador do INFRACITIES, o Eng. Aloisio Pereira da Silva.