6º Seminário de Acessibilidade debate cidade para pessoas

 

“Cidade para pessoas” foi o tema do 6º Seminário de Acessibilidade do CREA-SC que aconteceu  nos dias 6 e 7 de novembro, no auditório do Tribunal de Contas do Estado, em Florianópolis. Realizado pela Comissão de Acessibilidade do Conselho, o evento teve por objetivo disseminar a política de planejamento, focando em ações no desenvolvimento de projetos nas áreas de edificações, mobilidade urbana e infraestrutura pública.

 

O seminário foi composto de três módulos: Acessibilidade Urbana, Acessibilidade em Edificações e Legislação Aplicada a Acessibilidade, visando atingir toda população e não apenas os que possuem restrição de mobilidade. Participaram palestrantes e especialistas de diversos órgãos e entidades do estado, entre eles: MPSC, OAB/SC, Prefeitura de Florianópolis, UDESC, UFSC, Associação Brasileira de Cimento Portland em Santa Catarina e outros.

 

Entre as autoridades da abertura estavam o presidente do CREA-SC Eng. Agr. Ari Neumann; o vereador Gabriel Meurer, de Florianópolis e a vereadora Cristina de Souza, de São José; a diretora financeira do CREA-SP, Eng. Civil Lenita Brandão e o coordenador da Comissão de Acessibilidade do CREA-SC, Eng. Civ. Aloísio Pereira da Silva.

 

Em seu pronunciamento, o presidente do CREA-SC destacou a importância do seminário que propõe o reordenamento do espaço urbano com o foco nas pessoas. Disse que durante muito tempo as cidades se desenvolveram em função da logística do transporte priorizando os sistemas e infraestruturas de tráfego. “Ao se criar políticas públicas de uso do solo e ações no espaço urbano é necessário priorizar tanto a mobilidade quanto a acessibilidade. Deve-se garantir que a mobilidade aconteça de forma segura, eficiente e com acessibilidade universal”, afirmou.

 

Ari destacou ainda as ações do CREA-SC na área de acessibilidade incluindo o termo de cooperação técnica com o MPSC, com o objetivo de assegurar o cumprimento das normas nos passeios e edificações públicas e de uso coletivo e, também, a 6ª edição da Cartilha de Acessibilidade que estabelece os critérios técnicos quanto ao projeto, construção, instalação e adaptação de edificações às condições de acessibilidade.

 

Acesse a PROGRAMAÇÃO do evento.

 

Confira as palestras que foram ministradas:

– Palestra Magna com Eng. Civ. Filipe Trigueiro Xavier Correia, Vice-Presidente do Conselho Nacional dos Direitos da Pessoa com Deficiência
– Acessibilidade Espacial no Transporte Público  –Arq. Carolina Stolf Silveira, Dra.– UDESC
– Projeto Calçadas – Eng. Civ. Dejalma Frasson Júnior – ABCP
– Mobilidade Ativa: Acessibilidade em Florianópolis –Arq. Elisa de Oliveira Beck – Secretaria Municipal de Transportes e Mobilidade Urbana – Prefeitura Municipal de Florianópolis
– Acessibilidade e Mobilidade Ativa em Calçadas e Ciclovias – Eng. Civ. Aloísio Pereira, Dr.– Coordenador da Comissão Acessibilidade do CREA-SC
– Caminhando para a Acessibilidade – Arq. Silvya Helena Caprario – Coordenadora da Câmara temática de Acessibilidade do CAU/SC
– Revolução Digital na Infraestrutura: Gêmeos Digitais e o Ambiente de Dados Conectados (CDE) como agentes de transformação para Era BIM–Eng. Civ. Liberdade Izaguirre, Especialista em Transformação Digital – BIM, Bentley Systems
– Cartilha de Acessibilidade do CREA-SC – Eng. Civ. e Seg. Trab. Ederson Rogerio Antonini – Coordenador da Câmara Especializada de Engenharia Civil do CREA-SC
– Legislação Acessibilidade – Dr. Anselmo Alves, Presidente da Comissão de Direitos das pessoas com deficiência – OAB/SC
– Comissão de Defesa dos Direitos da Pessoa com Deficiência da ALESC 2019 – Janice Ap Steidel Krasniak