Agenda 2030 da ONU busca articulação junto aos profissionais na 75ª Soea

 
O CREA-SC participa da 75 SOEA com o apoio da Mutua – Caixa de Assistência dos Profissionais.
 
Pacto entre 193 países das Nações Unidades reúne 17 objetivos e 169 metas de desenvolvimento sustentável
 
O painel Agenda 2030 da ONU, que integrou a programação da 75ª Semana Oficial da Engenharia e da Agronomia (Soea), na tarde desta quinta-feira (23), em Maceió (AL), contou com as explanações do eng. agr. Kléber Santos, titular da Coordenadoria Especializada das Câmaras de Agronomia do Confea (CCEAGRO); Suzana Oliveira, da Secretaria Nacional de Articulação Social; e Patrícia Menezes, servidora da prefeitura de Barcarena (PA) e articuladora da Rede ODS Brasil.
 
A Agenda 2030 é um pacto entre 193 países das Nações Unidades, de setembro de 2015, que reúne 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) e 169 metas. O objetivo do painel foi debater como os profissionais do Sistema Confea/Crea podem se engajar no processo de divulgação e implementação das objetivos e metas. A agenda envolve temas como a agricultura sustentável e segurança alimentar; erradicação da fome e da pobreza; água potável e saneamento; energia limpa e acessível; indústria inovação e infraestrutura; cidades e comunidades sustentáveis; ação contra as mudanças climáticas; vida na água; vida terrestre, entre outras.
 
 
O eng. agr. Kléber Santos afirmou que o Confea está com nova gestão e mais atuante nas questões técnicas que envolvem os profissionais, pautando inclusive os ODS com recursos institucionais. Segundo ele, praticamente todos os objetivos de desenvolvimento sustentável se relacionam com as atividades dos profissionais da área da engenharia, agronomia e geociências. “Os profissionais terão maior potencial de atuação ao debater atribuições em sintonia com questões as voltadas ao desenvolvimento sustentável do país”, destacou.
 
 
Suzana Oliveira – “A Agenda 2030 é uma oportunidade de desenvolvimento de políticas públicas e de planejamento em longo prazo para o país.”
 
Suzana Oliveira, da Secretaria Nacional de Articulação Social, esclareceu que os objetivos devem ser concebidos de forma integrada, interligada e indivisível. “Mais do que um compromisso, a Agenda 2030 é uma oportunidade de desenvolvimento de políticas públicas e de planejamento em longo prazo para o país. Não é uma agenda de governo, mas uma agenda de estado.”
 
A palestrante disse ainda que uma das metas é justamente democratizar e levar a Agenda ao conhecimento da população e dos profissionais que têm potencial para se alinhar aos objetivos e contribuir. Pesquisa realizada em 143 municípios brasileiros envolvendo 2.002 pessoas com idade superior a 16 anos mostrou que apenas 1% tem conhecimento sobre o tema.
 
Um dos desafios é sobre como implementar os ODS.  Para tanto, foram criadas câmaras temáticas responsáveis por articular meios de implantar os projetos. “O Brasil avançou e foi protagonista com a ECO-92 e RIO+20. Precisamos de uma visão nacional para aplicação da Agenda 2030,” enfatizou Suzana.
 
Patrícia Menezes apresentou o projeto de administração da prefeitura de Bacarena-PA cuja a gestão está direcionada a Agenda 2030 e é referência no país.
 
O eng. agr. Kleber santos citou ainda o diferencial do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA) que identificou alinhamento nas ações do Plano Plurianual (PPA) com todos os 17 ODS, além de prever recursos orçamentários para apoiar projetos de cooperativismo e ODS.
 
Patrícia Menezes, articuladora da Rede ODS Brasil apresentou como “case” o projeto de administração da prefeitura de Barcarena (PA) cuja estão está direcionada desde 2013 para a Agenda 2030 e já é referência no país. Ela que participou da 74ª Soea, em Belém (PR), ressaltou que muitos temas da Agenda já foram debatidos na ocasião, mas de forma desconexa e também estão presentes na Programação da 75ª Soea este ano. Patrícia traçou um paralelo entre a programação de 2018 com os objetivos da Agenda 2030, mostrando como os profissionais do Sistema Confea/Crea já estão inseridos e atuando nos temas pertinentes ao desenvolvimento sustentável do país
 
 
 
Reportagem: Adriano Comin (Crea-SC)
 
Edição: Julianna Curado (Confea)
 
Revisão: Lidiane Barbosa (Confea)
 
Equipe de Comunicação da 75ª Soea
 
Fotos: Art Imagem Fotografia
 
 
 
 
0 respostas

Deixe uma resposta

Quer entrar na discussão?
Sinta-se livre para contribuir!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.