1º Encontro de Inovação CREA-SUL debate Inovação aberta e integração entre ecossistemas

image_pdf

 

 

Inovação aberta e integração entre ecossistemas foram os temas principais do 1º Encontro de Inovação CREA-SUL, com inciativa da regional Sul do Confea e participação de representantes das áreas de inovação dos Creas de SC, PR e RS.

 

 

Realizado no LinkLab ACATE em Florianópolis, na última sexta-feira (7), o encontro teve a participação virtual do presidente do Confea, Eng. Vinicius Marchese e do gerente de projetos e tecnologia e de cultura e desenvolvimento de pessoas, Eduardo Firmino. Presencialmente estavam a coordenadora regional Sul, Eng. Caroline Burtet; o assessor de inovação do CREA-SC, Rodrigo Espíndola, o Coo do LAB OF CODES, Rodrigo Bianchetti; a assessora de tecnologia e inovação do Crea-PR, Tatiana Breda Ferreira; e o assessor da presidência do Crea-RS, Matheus Borges dos Santos.

 

 

Trabalho em colaboração e fomento ao uso dos espaços de coworkings para ações conjuntas foram tópicos destacados pela Eng. Caroline Burtet. “O presidente Vinícius falou no último CP de Minas Gerais sobre essa integração e de como podemos facilitar a vida do profissional. A ideia é iniciarmos um trabalho, relacionarmos ideias e projetos que já deram certo e também nossos desafios.”

 

 

Eng. Caroline Burtet,  coordenadora regional Sul do Confea

O presidente do Confea, Vinicius Marchese disse que as inciativas entre os regionais ainda são desconectadas e isoladas, citando como exemplo a carteira digital já adotada por alguns estados incluindo SC, SP e RS. Comentou também que o registro único será uma das prioridades. “Minha função é forçar o Sistema a trabalhar como Sistema. É preciso trabalhar de maneira simples, com pequenas entregas e de forma continua. A coordenação regional tem essa função, de trazer as demandas e eliminar obstáculos.”

 

 

Rodrigo Bianchetti, Coo Lab Of Codes,

 

Rodrigo Bianchetti do Lab Of Codes, conduziu o diálogo e citou o evento “Integração para a Inovação Pública” realizado no dia anterior como start para o encontro. Apresentou exemplos de integração entre órgãos públicos que podem gerar ideias e produtividade. Disse ainda que o objetivo é estruturar um planejamento com reuniões, pautas, definições e continuidade, entregando resultados e indicadores. “A ideia é iniciarmos com pautas como inovação e integração e avançarmos para temas específicos dentro da realidade do Sistema.”

 

O assessor de inovação do CREA-SC, Rodrigo Espíndola, apresentou a visão de laboratório com foco na conexão e integração entre ecossistemas. “A finalidade é fazer a ponte entre profissionais, empresas, ideias e projetos e órgãos de fomento, promovendo a cultura da inovação e o compartilhamento de soluções.” Citou também o desenvolvimento de produtos específicos alinhados aos indicadores e perfil dos diferentes públicos.

Rodrigo Espíndola, assessor de inovação do CREA-SC

 

 

 

 

A assessora de tecnologia e inovação do Crea-PR, Breda Ferreira, comentou que o regional tem pautado os projetos de inovação na renovação de processos. “Sistematizar um processo ruim, implica em ter um sistema ruim. Estamos redesenhando os procedimentos, desenvolvendo internamente para depois expandir para fora.”

 

Breda Ferreira, assessora de tecnologia e inovação do Crea-PR

 

O assessor da presidência do Crea-RS, Matheus dos Santos disse que os espaços de coworkings também estão sendo implantados no Rio Grande do Sul e que o objetivo é que os três regionais consigam de forma integrada transformar os anseios e necessidades dos profissionais em soluções.

 

Matheus dos Santos, assessor da presidência do Crea-RS